tempurá de frutas foto de capa

TEMPURÁ: UM CLASSICO DA CULINARIA JAPONESA

O tempurá é um dos pratos mais tradicionais dos japoneses e também um dos mais populares da culinária japonesa em todo o mundo.

O clássico prato é um empanado frito que pode ser feito de legumes, carnes, peixes e frutos do mar. A massa, ou koromô, é feita a base de farinha, gemas de ovo e água. Os ingredientes são mergulhados na massa. Depois o prato é frito em óleo vegetal.

A receira se popularizou na cidade de Tokyo, onde era vendido em barracas assim como o sushi. Hoje existem restaurantes especializados exclusivamente em tempurá

Tempurá de frutas

Parecido com o Tempurá de Sorvete, porém a base é a fruta, normalmente banana

Tempurá de sorvete

Conheça a receita do tempurá de sorvete: 

receita japonesa

Ingredientes

100 g de sorvete de creme
1 folha de massa de pão-de-ló
100 g de  cereal matinal de milho com açúcar esmagado
60 g de farinha de trigo
1 ovo
300 ml de água
Óleo para fritar o tempurá
Papel alumínio para enrolar o tempurá
Morangos para decorar
250 ml de suco de laranja
100 g de açúcar
50 ml de saquê

Modo de preparo

Para preparar a calda, esquente o suco de laranja com o saquê e o açúcar em fogo baixo. Deixe reduzir até atingir a textura de mel. Retire do fogo e reserve. Para preparar o doce, enrole a bola de sorvete no pão-de-ló, formando uma bisnaga. Aperte para juntar a massa ao sorvete. Embale a bisnaga no papel alumínio, enrolando as pontas. Leve-a ao congelador por 24 horas até endurecer. Retire a bisnaga do congelador, tire o papel alumínio e passe-a sobre a farinha de trigo. Em uma tigela grande, misture o restante da farinha de trigo com água, ovo, formando uma mistura grossa para tempurá. Afunde a bisnaga na mistura. Em seguida, coloque a bisnaga sobre um prato com o cereal matinal esmagado e cubra-a, formando uma “empanada”.Esquente bem o óleo. Frite o tempurá no óleo bem quente por cerca de 10 segundos. Retire e coloque-o sobre papel toalha. Corte em cinco fatias e sirva com morango para decorar o prato e finalize com a calda.

Veja Também

O Vinho e a Saúde

O assunto não é novidade, mas é sempre bom lembrar os poderes terapêuticos do vinho. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *